sábado, dezembro 04, 2010

Desenvolva o Seu Espírito: Por que é que a sua vida é insatisfatória?

«Não pode resolver os problemas com a mentalidade que os criou!»
Albert Einstein

Quem é o responsável pela sua vida insatisfatória?
Esta pergunta é realmente fundamental se deseja iniciar qualquer transformação interior e levar uma vida mais parecida com aquilo que desejaria que ela fosse!
Primeiro deverá admitir que a sua vida não é satisfatória...
Primeiro, é preciso fazer uma constatação: se a sua vida é insatisfatória, não deve esconder esse fato de si. Mentirmos a nós próprios é o pior reflexo se desejamos realmente ter a vida dos nossos sonhos.
É certo que hoje a sua existência não é satisfatória ou não o é completamente. Não tem de ter vergonha disso.
É o caso de todos os humanos… exceto os grandes mestres espirituais, os santos…e as pessoas que têm êxito na vida!
Se não tem por objetivo tornar-se num grande mestre espiritual ou num santo, então, tente ter sucesso na vida! É simultaneamente mais simples e mais complicado do que parece, mas se seguir os conselhos que lhe dou de seguida, vai ser muito fácil!
Talvez já tenha ouvido este tipo de coisas e não vou passar horas a tentar ser convincente. Vou explicar-lhe um  sistema e tudo o que lhe peço é tentar antes de o rejeitar!

Não se condene a nunca mais mudar!
Os preconceitos são um dos maus reflexos que fazem mais mal na vida. Ao condenar a priori um método, uma opinião, um ponto de vista… está a condenar-se a nunca mudar.
Assim, dou-lhe autorização para rejeitar o meu sistema… mas só depois de o ter experimentado! Digo-lhe isto tranquilamente, pois não vejo por que razão um método que funcionou para milhões de pessoas de todas as idades, classes sociais, raças, níveis de educação e todos os tipos de inteligência… não funcionaria consigo!
Depois de ter reconhecido que a sua vida não é satisfatória, será preciso reconhecer que a culpa é sua!
É verdade, não se trata de enterrar a cabeça na areia e pôr sempre a culpa nos outros. Se não tem sucesso, é preciso praticar a auto-análise! Acalme-se. Não é difícil. Não tem nada de feitiçaria.
Não se trata de culpabilizar-se...
Primeiro, deverá admitir que, se não tem a vida que merece, é preciso olhar para si e reconhecer que, como qualquer ser humano, tem defeitos e limitações. Toda a gente tem, você e os outros.
Depois, basta elaborar uma lista dos mesmos o mais completa possível e guardá-la consigo ou num local discreto. Disse para a conservar ao abrigo dos olhares dos outros…não para a enterrar. Isto quer dizer colocá-la num canto e esquecê-la. Não, é importante consultá-la regularmente e dedicar-se a transformar os seus defeitos uns a seguir aos outros.
É um pouco como se quisesse emagrecer e nunca se pesasse ao mesmo tempo que come como habitualmente! Espera perder peso, mas, se não mudar a sua dieta alimentar, como quer perder quilos em excesso ou não ganhar peso?
Não pode fazê-los desaparecer, mas pode transformá-los!

É a mesma coisa no domínio do sucesso da sua vida. Se não transformar as limitações e defeitos que impedem a sua progressão, como quer mudar a sua vida?
Sem dúvida que já notou que não utilizei a expressão “livrar-se dos seus defeitos e limitações”.
Na verdade, é impossível eliminar os defeitos e as limitações, mas é perfeitamente possível, e recomendável, transformá-los!
Não sei se faz desejos de Ano Novo. Aliás, até está a chegar o momento. Em geral, desejamo-nos um bom ano e saúde, e não há nenhum mal nisso. Pelo contrário, é uma forma de propagar ondas positivas no ambiente à sua volta, o que tem sempre um efeito benéfico nos outros e em si!
Também aproveitamos o 1º dia do ano para realizar promessas de mudança… que geralmente esquecemos quase sempre ou que nunca aplicamos!
A razão pela qual isto acontece é porque não aplicamos o método correto. Querer livrar-se das limitações e defeitos é como cortar o ramo onde nos sentamos, porque os nossos defeitos e limitações são tanto os nossos piores inimigos como os nossos melhores aliados! Indicam-nos de forma clara o que é preciso mudar em nós para progredir.
Infelizmente, é habitual que os consideremos como travões à nossa mudança ou tentemos ignorá-los.
Os seus defeitos são os seus melhores aliados...
Se este último método funcionasse, seria a primeira a dizer-lhe para continuar nesse sentido, mas esta atitude nunca permite resolver os problemas. Apenas adiamos o problema até ao dia em que decidimos finalmente olhá-lo de frente. Se não o fizermos, mais cedo ou mais tarde, encontramo-nos em dificuldade.
Por exemplo, pensemos no caso de uma pessoa que tem medo de falar em público. Mais dia, menos dia, irá ser obrigada a falar em público. Nesse momento, ficará paralisada e sentirá sintomas desagradáveis (angústia, dores de estômago, o coração a bater a cem à hora, suores frios, bloqueio fisiológico, gaguez, etc.) ligados a este medo!
Ora se ela tentasse resolver este problema antes de reviver este tipo de situação, seria melhor para ela. Tiraria desse sucesso uma grande satisfação pessoal. Além disso, a sua brilhante prestação poderia valer-lhe um aumento, uma promoção, um reconhecimento dos amigos, dos dirigentes do seu partido político, associação… frequentemente com todas as vantagens financeiras correspondentes!
Então, interrogue-se agora com honestidade (ninguém saberá nada. É um problema entre você… e você!): “quais são os meus defeitos, limitações, medos… e como transformá-los?”.

A única coisa a que se arrisca é a ter sucesso!
O simples fato de colocar-se estas questões com franqueza e com toda a liberdade, sem espírito de julgamento, far-lhe-á um bem enorme. Será um passo em frente considerável na transformação da sua personalidade, no sucesso da sua existência.
Dê este passo, porque senão continuará a viver uma vida insatisfatória até ao fim dos seus dias. A única coisa a que se arrisca… é a ter sucesso na vida.
Logo nos primeiros tempos desta prática, tirará rapidamente vantagens, satisfações e mesmo lucros em todos os sentidos do termo!
Dir-se-á mesmo: “Por que é que não conheci este método mais cedo?!”.
Acredite em mim. Se ele chegou até si agora, não foi por coincidência. Foi simplesmente porque atingiu o ponto onde é capaz de aproveitá-lo ao máximo! Vou dar-lhe ainda um simples conselho: a partir de agora, concentre-se na sua aplicação no dia-a-dia.
Quando começar a viver a vida dos seus sonhos? Agora!
Quando deve começar a sua transformação?
É simples: imediatamente ou o mais depressa possível se só agora está a ler esta mensagem.
A felicidade e a existência que merece esperam por si!
Entre elas e você há apenas um obstáculo: você!
Com este método, não há maneira mais fácil de realizar a sua cirurgia estética interior.
Como realizar a sua transformação interior com êxito?
Este é um método para realizar a sua transformação interior com êxito.
- Elabore a lista de defeitos e limitações que impedem o seu sucesso com honestidade. Relembro que não é uma questão de julgar, mas de progredir. Não negligencie nenhuma limitação, defeito ou medo.
- Ordene-os por ordem hierárquica, daqueles que lhe parecem benignos aos que lhe parecem mais graves, respondendo às seguintes questões: Porquê? Como? Desde quando? Por que razão isso me incomoda? Por que não tentei livrar-me disso antes?
- Sente-se confortavelmente ou deite-se.
- Pratique uma dezena de respirações abdominais e relaxe progressivamente – ao visualizá-las – todas as partes do corpo pela ordem seguinte: pés, barriga da perna, coxas, nádegas, abdómen, plexo solar, peito, mãos, antebraços, braços, ombros, maxilares, testa, cabelo, a parte de trás da cabeça, a parte de cima das costas e a parte de baixo, coluna vertebral.
- Quando tiver atingido um estado de descontracção, faça uma sugestão positiva a si próprio em relação ao primeiro problema a resolver pela ordem hierárquica predeterminada. Por exemplo, se deseja combater a sua timidez, diga “A partir de agora tenho confiança em mim”.
* Conselhos: pratique regularmente, uma vez por dia, anotando os resultados obtidos. É a melhor forma de se motivar.
Passe para o problema seguinte na sua lista apenas quando tiver resolvido o primeiro.
As três regras do sucesso nesta matéria são: Pratique, pratique e… pratique!
Desejo-lhe uma boa viagem no caminho da sua própria mudança interior para a transformação dos seus defeitos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...