terça-feira, dezembro 07, 2010

NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO - 08 DE DEZEMBRO

Dogma da Imaculada Conceição: Maria foi concebida sem o pecado original.

O dia 8 de dezembro é o dia de Nossa Senhora da Conceição, neste dia O dogma da Imaculada Conceição foi definido pelo papa Pio IX em 1854. A instituição da ordem militar de Nossa Senhora da Conceição por D. João VI sintetiza o culto que em Portugal sempre teve essa crença antes de ser dogma.

Através deste título litúrgico, celebrado no dia 8 de dezembro, os católicos professam a prerrogativa concedida unicamente a Nossa Senhora: Maria foi concebida sem a mancha do pecado original, e nasceu, portanto, sem o pecado original. Vale dizer: ela é toda santa, a cheia de graça, desde o momento de sua concepção.
Como filha de Adão e Eva, Nossa Senhora também deveria estar sujeita ao pecado original, mas dele foi preservada, em previsão dos méritos de Cristo. Era sumamente conveniente que Deus preservasse Maria do pecado original, pois era Maria destinada a ser mãe do seu filho. Isso era possível para a onipotência de Deus; portanto Deus, de fato, a preservou, antecipando-lhe os frutos da redenção de Cristo.
Em 1830 Nossa Senhora apareceu a santa Catarina Labouré mandando cunhar uma medalha com a efígie da Imaculada e as palavras: "Maria concebida sem pecado, rogai por nós". Esta medalha, difundida aos milhões em todo o mundo, suscitou grande devoção a Maria Imaculada, induzindo muitos bispos a solicitar ao papa a definição do dogma, que na verdade já estava sendo vivido nos corações dos fiéis desde muitos séculos atrás. Assim, no dia 8 de dezembro de 1854, o Papa Pio IX proclamou Maria isenta do pecado original, desde o primeiro instante de sua existência no seio de sua mãe.
Quatro anos mais tarde, as aparições de Lourdes foram prodigiosa confirmação do dogma. De fato, Maria proclamou-se explicitamente com a prova de incontáveis milagres: "Eu sou a Imaculada Conceição".
Em 8 de dezembro de 1904, em Lisboa solenemente lançou-se a primeira pedra para um monumento comemorativo do cinqüentenário da definição do dogma. Ao ato, a que assistiram as pessoas reais, patriarca e autoridades, estiveram também representadas muitas irmandades de Nossa Senhora da Conceição, de Lisboa e do país, sendo a mais antiga a da atual freguesia dos Anjos, que foi instituída em 1589.

A primeira imagem de Nossa Senhora da Conceição chegou ao Brasil em uma das naus de Pedro Álvares Cabral. José de Anchieta foi o apóstolo da doutrina da Imaculada Conceição no Brasil, que desde o início de sua colonização dedicou a este mistério inúmeras igrejas, inclusive 35 catedrais. Ela foi a protetora de nosso país no período colonial e foi proclamada Padroeira do Império Brasileiro por Dom Pedro I. Já no despontar do século XX, com o advento da República, o título cedeu lugar a Nossa Senhora Aparecida, que é uma antiga imagem da Imaculada Conceição encontrada nas águas do rio Paraíba do Sul.
Para finalizar, eis o dogma da Imaculada Conceição explicado em palavras singelas e claras: da palavra "concebida" formou-se o derivado "conceição"; sua conceição foi, pois, imaculada, como já dissemos; daí veio a expressão - Imaculada Conceição - que, com o tempo, começou a ser ligada ao vocativo "Nossa Senhora", pois o povo, naquela linguagem franca que tão bem traduz seus sentimentos, começou a dizer: Nossa Senhora da Conceição. Quando dizemos, portanto, Nossa Senhora da Conceição, queremos dizer que Maria é imaculada desde sua concepção, e que o inimigo infernal jamais teve poder sobre ela.
No Brasil é tradição montar a árvore de Natal e enfeitar a casa no dia 8 de dezembro, dia de N.Sra. da Conceição.

Oração à Nossa Senhora da Conceição



Ó incomparável Virgem da Conceição,
Mãe de Deus, Rainha dos Céus,
Maria, volvei para mim, imploro-vos,
o olhar benigno de vossa misericórdia.
Livrai-me de minhas gravíssimas culpas;
e com o favor de vossa poderosíssima intercessão,
fazei que eu consiga da Divina Majestade
a salvação de minha alma, a perfeita saúde do corpo
e aquela graça da qual tanto necessito
e que vos recomendo
a fim de que, servindo e louvando-vos nesta vida,
venha depois, um dia, a amar-vos e agradecer-vos
para toda a eternidade.
Assim seja.


NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO x IEMANJÁ




Existe um sincretismo entre a santa católica Nossa Senhora dos Navegantes e a orixá da Mitologia Africana Iemanjá. Em alguns momentos, inclusive festas em homenagem as duas se fundem. No Brasil, tanto Nossa Senhora dos Navegantes como Iemanjá tem sua data festiva no dia 2 de fevereiro. Costuma-se festejar o dia que lhe é dedicado, com uma grande procissão fluvial.
Uma das maiores festas ocorre em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, devido ao sincretismo com Nossa Senhora dos Navegantes. No mesmo estado, em Pelotas a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes vai até o Porto de Pelotas. Antes do encerramento da festividade católica acontece um dos momentos mais marcantes da festa de Nossa Senhora dos Navegantes em Pelotas, que em 2008 chegou à 77ª edição. As embarcações param e são recepcionadas por umbandistas que carregavam a imagem de Iemanjá, proporcionando um encontro ecumênico assistido da orla por várias pessoas.[
No dia 8 de dezembro, outra festa é realizada à beira mar baiana: a Festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Esse dia, 8 de dezembro, é dedicado à padroeira da Bahia, Nossa Senhora da Conceição da Praia, sendo feriado municipal em Salvador. Também nesta data é realizado, na Pedra Furada, no Monte Serrat em Salvador, o presente de Iemanjá, uma manifestação popular que tem origem na devoção dos pescadores locais à Rainha do Mar - também conhecida como Janaína
Após ter sido protetora de nosso País no período colonial, a Senhora da Conceição foi proclamada por D. Pedro I, ilustre descendente da dinastia de Bragança, Padroeira do Império Brasileiro. Com o advento da República e já no despontar do século XX, Ela cedeu o seu lugar a Nossa Senhora Aparecida, atual Rainha e Padroeira do Brasil, que é uma antiga imagem da Imaculada Conceição encontrada nas águas do Rio Paraíba
Embora, tradicionalmente, em Pernambuco, as festividades a Iemanjá sejam concentradas no dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição, o dia 2 de fevereiro também é marcado por celebrações voltadas à divindade, principalmente, na Bahia. Segundo Mãe Elza de Yemoja, as várias datas têm origem na forma como aconteceu o sincretismo nos diferentes estados do Brasil. O nome Iemanjá significa “Mãe cujos filhos são peixes” e no Brasil ela tem grande popularidade não só entre os seguidores de religiões afrobrasileiras, mas também é admirada por seguidores das mais diversas religiões. Ela é considerada a mãe de várias divindades africanas e é a deusa do mar, além de ser a padroeira dos náufragos. Seu nome teria vindo do rio Yemoja, na África. De acordo com cada região que a cultua, recebe diversos nomes: Sereia do Mar, Princesa do Mar, Inaê, Mucunã, Janaína, Kaiala.
Pela primeira vez em dois de Fevereiro de 2010 uma escultura de uma sereia negra, criada pelo artista plástico Washington Santana, foi escolhida para representação de Iemanjá no grande e tradicional presente da festa do Rio Vermelho, Salvador, Bahia em homenagem à Àfrica e a religião afrodescendente.
Em Cuba, Yemayá também possui as cores azul e branca, é uma rainha do mar negra, assume o nome cristão de La Virgen de la Regla e faz parte da Santeria como santa padroeira dos portos de Havana.


Retirado do site: http://sintomuitoamor.blogspot.com/2010/06/nossa-senhora-da-conceicao-x-iemanja.html

Na Bahia, ela é sincretizada com Nossa Senhora da Imaculada Conceição, festejada no dia 8 de dezembro. Ela é mais ligada às águas salgadas do mar que às águas doces dos rios, que é domínio de Oxum. Curiosamente, é no dia 2 de fevereiro, data da festa de Nossa Senhora das Candeias, sincretizada com Oxum, que se organiza um solene presente para Iemanjá. O que mostra que o sincretismo não é de uma rigidez absoluta. No Rio de Janeiro, ela é sincretizada como N. S. da Glória entre outras.
Os filhos de Iemanjá usam colares de contas de vidro transparente como o cristal. Sábado é o dia da semana que lhe é consagrado.
Dia da Semana: Sábado.
Cores: cristal, azul claro.
Símbolo: pedra marinha e concha.
Elemento: água.
Plantas: colônia, aguapé, lágrima de Nossa Senhora, pístia (erva de Santa Luzia), trapoeraba branca.
Ervas: Pata de Vaca; Folhas de Lágrima de N. Senhora; Erva Quaresma; Trevo e chapéu de couro.

Metal: prata.
Bebida: champanhe.
Sincretismo: Nossa Senhora da Glória.
Domínio: mar.
O que faz: Protege de confusões e promove a harmonia na família. Ajuda a progredir na vida.
Quem é: a Grande Mãe d'Água e do lar.
Características: maternal, protetora, competente, dedicada, mandona, possessiva, intrigante.
Saudação: Odó Iyá!

TRECHOS EXTRAÍDOS DO LIVRO "O CÓDIGO DA UMBANDA" DE RUBENS SARACENI; E QUE SE ENCONTRA, TAMBÉM, NO SITE GUARDIÕES DA LUZ.


Iemanjá, a Senhora do Mar. A grande força, com indiscutível domínio no gênio e personalidade de seu filho.

O fato de Iemanjá ser a Criação, sua filha normalmente tem um tipo muito maternal. Aquela que transmite a todos a bondade, confiança, grande conselheira.
É mãe. Sempre tem os braços abertos para acolher junto de si todos aqueles que a procuram. A porta de sua casa sempre está aberta para todos, e gosta de tutelar pessoas. Tipo a grande mãe.
Aquela mulher amorosa que sempre junta os filhos dos outros com os seus. O homem filho de Iemanjá carrega o mesmo temperamento: é o protetor. Cuida de seus tutelados com muito amor.
Geralmente é calmo e tranqüilo, exceto quando sente-se ameaçado na perda de seus filhos, isto porque não divide isto com ninguém. É sempre discreto e de muito bom gosto. Veste-se com muito capricho.
É franco e não admite a mentira. Normalmente fica zangado quando ofendido e o que tem como ajuntó (o segundo santo masculino) o orixá Ogum, torna-se muito agressivo e radical. Diferente é quando o ajuntó é Oxóssi. Aí sim, é pessoa calma, tranqüila, e sempre reage com muita tolerância.
O maior defeito do filho de Iemanjá é o ciúme. É extremamente ciumento com tudo que é seu, principalmente das coisas que estão sob sua guarda.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...