quarta-feira, dezembro 08, 2010

Olhar para cima... e para os lados


Sou um ser privilegiado, com certeza. Ainda que conviva com óbvias limitações, finalmente vivo feliz, pois respiro o autoconhecimento, estou imerso na busca da verdade e trilho o caminho da espiritualidade 24 horas por dia, 7 dias por semana. E isso não tem preço.


E a cada dia, estando sempre de mente serena e coração aberto, novas informações e experiências passam a fazer parte de minha bagagem, reforçando ainda mais minha fé, perseverança e determinação de seguir adiante.
Não mais preciso viajar para encontrar fora, por vezes longe, aquilo que desde sempre carrego em meu interior, que habita permanentemente em mim, que está sempre atualizado e à disposição e que acesso quando é preciso, bastando somente silenciar minha mente. Sim, ainda luto muito para conseguir manter este estado de harmonia, para não perder a conexão com a Fonte, com o Todo, pois os ruídos do meio são fortes e onipresentes.
Sei que é fácil sucumbir aos infinitos apelos do mundo material que nos cerca, implacável, sem respeito, sem ética, sem amor... o mundo efêmero das ilusões não poupa os fracos de espírito, os indiferentes, que ignoram as leis da vida e preferem fazer parte da manada em vez de assumir sua unicidade, seu poder inato, o rumo de sua própria vida, tornando-se candidatos a doenças da alma, do corpo e a uma vida chata, padronizada e sem sentido.
Já passou da hora de NÓS fazermos algo para mudar esta situação.


Respeito o livre-arbítrio de todo mundo, é claro, mas sei que precisamos chegar com sensibilidade também ao coração desses seres e lhes direcionar amor incondicional e vibração de bem-aventurança, permitindo assim, que a Luz penetre fundo em suas almas, todos eles sendo irmãos de caminhada.
Você e eu com certeza já sofremos tanto quanto eles ou mais, até que sincronicidades, circunstâncias preciosas da vida nos levaram, pelo amor ou pela dor, a sair do casulo e iniciar uma jornada de autodescoberta, de conscientização e de infinitas e sutis recompensas.
Sim, este é mais uma vez um apelo, um pedido aos leitores do Boletim para que cada um se torne, se já não está nesta condição, um missionário, um ponto de Luz pura a melhorar tudo à sua volta com sua presença firme, consciente, suave e divina. Cada um com sua maneira peculiar de ser, usando seus instrumentos únicos e sua intuição para transformas seu lar, seu ambiente de trabalho ou de lazer num templo esplêndido de beleza e paz, num lugar de imensa alegria.
Há pessoas que, ainda muito plugadas na racionalidade, na inflexibilidade, no fundamentalismo religioso, sabotarão nossas ações. Mas quem está com a Luz não teme a escuridão nem a sombra e as sementes plantadas germinarão no tempo certo. Confie em V. e na Fonte; a transformação virá e será para sempre. Sem volta.
Os tempos estão mais e mais propícios para a ação. O corrompido e manipulador sistema material que ainda nos governa, dá amplos sinais de debilidade, de incapacidade -ou de total falta de interesse-, em lidar com as questões básicas da humanidade e cada vez mais percebemos quanta podridão, ignorância e primariedade fazem parte essencial da personalidade de quem governa o mundo. Sim, somos regidos por seres sem ideais, sem caráter, de alma pequena e ego gigantesco. Pouco ou nada de bom para a humanidade ou o planeta Terra brotará desses indivíduos que acima de tudo colocam frios números, ficando a economia como principal indicador para avaliar um país, mesmo que este esteja destroçado na ética, educação, saúde, segurança pública, distribuição de renda ou outros aspectos determinantes.


No entanto, muito está sendo feito no mundo inteiro, ainda que não seja interesse da mídia divulgar. Deveremos brevemente chegar a uma massa crítica de formadores de opinião livres de condicionamentos e de consciência expandida, de forma a produzir e expandir o campo energético positivo e a vibração da Luz da Terra. Nosso poder é fabuloso... somos seres de Luz, carregando a Divindade em nosso peito. Podemos co-criar, moldar a realidade à nossa volta, transformar sombra em Luz, feiúra em beleza, tristeza em felicidade, depressão em serviço ao Todo.
Tudo é possível quando entramos em sintonia com a Fonte e quando a clareza de nosso pensamento, a persistência e o foco em nossas atitudes norteiam nosso dia-a-dia, nossa missão de vida.
Quantas e quantas existências já cruzamos em nossa andança cósmica, quantas valiosas experiências realizamos até o momento para nos encontrarmos tão abertos e conscientes?
Está mais do que na hora de juntar forças, de aumentar nosso raio de ação. No que me diz respeito, não irei desistir nunca de ser eu mesmo, fiel até o fim à minha essência e à missão que aceitei ao encarnar; no tempo de vida que me resta pretendo fazer o máximo, o melhor que posso para passar a mensagem adiante, auxiliar a "despertar" tantas pessoas quantas for possível e de todas as formas, a socorrer quem for preciso, a ser um instrumento da glória do Criador, do Universo.


Estamos próximos do Natal, tempo de lembrar de nosso Guia Maior, de honrar sua Presença, de nos espelhar em seus atos, seus predicados que são a Humildade, a Simplicidade, a Unidade e um Amor infinito -acima de tudo- para com todos. E veio agora a intuição de lembrar que não estamos entrando somente em uma boa época para distribuir presentes. É o tempo de usar a cada momento a mais bela forma de Amor: o Perdão, para com todos os nossos companheiros de viagem, sejam eles da família carnal ou da família espiritual.
Agradeço aqui os queridos e pacientes Guias e mais a turma toda que permite que o site exista: Rodolfo, Sandra, Teresa, Marcos, Anderson, Ian, Lidiane... e Você!
Sou profundamente grato ao Marcio da Kallipolis por sua presença nesse texto e em minha vida.
Seja Abençoado e Feliz!
Namastê
Sergio STUM


Retirado do site: http://somostodosum.ig.com.br/blog/b.asp?id=10616

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...