sábado, janeiro 29, 2011

Eu já não sonho - Realizo

Estou numa fase da vida em que já não sonho - realizo.
Os meus ideais têm a ver com as conquistas que já obtive
e não com possibilidades remotas para o futuro.
Quero o máximo do meu HOJE,
e não me permito planejar ser feliz:
felicidade é meu estado presente.
Quando me aborreço, é porque o meu tempo passou vazio,
e neste vazio, tive tempo para o aborrecimento.
Estar preenchido por propósito e ciência de si mesmo
é estar alheio às provocações do mundo.
O Amor?
Sim, este é o protagonista da história.
E se não fosse presente?
Então eu estaria repleta dele, por mim e pela vida,
e não à espera dele.
Assim, quando surgisse,
já estaria dentro de mim - seria então a potencialidade tomando forma.
Por este motivo, os amores do mundo são tão passageiros.
Pensa-se nas conquistas futuras, na felicidade futura, e no amor futuro...
Cabeças que nada são senão recipientes vazios da própria vida...
Afinal, como doar o que não se possui, a quem nada tem?

[porAna Zanichelli]

Fonte: http://astrid-annabelle.blogspot.com/2011/01/eu-ja-nao-sonho-realizo.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+NaveganteDoInfinito+%28Navegante+do+Infinito%29

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...