sexta-feira, maio 27, 2011

PROFECIA MAYA, 2012 E NOSTRADAMUS – É O MESMO QUE O FIM DO MUNDO?

por Rosemary Rezende - rrezendevet@hotmail.com


A maioria das pessoas já ouviu falar que o calendário Maya acaba no dia 21 de dezembro de 2012 . E Realmente nesse ano acontece o alinhamento do sol com o centro da nossa galáxia e isso é muito raro, ocorrendo apenas em ciclos de 26 mil anos.
Nostradamus, suposto médico e estudioso de alquimia e astrologia, também se refere a esse alinhamento galáctico e em suas centúrias existem muitas profecias relacionadas a esse fato e ao ano de 2012.
A cada 26 mil anos, as estrelas se alinham de tal forma no céu que o sol parece estar exatamente no centro da nossa galáxia. Esse é um evento importante na opinião de astrólogos e alquimistas.
A rotação inclinada da terra faz com que o céu mude muito lentamente, apenas um graus a cada 72 anos, esse deslocamento do ponto vernal é chamado de a precessão dos equinócios (guarda analogia com o deslocamento aparente do sol, acima e abaixo do equador celeste, e é responsável também pelas quatro estações). Como se desloca apenas um grau a cada 72 anos leva 26 mil anos para que a terra faça o giro completo (360°) pelas constelações.
Em seus escritos, Nostradamus, parece reconhecer os cálculos de precessão dos equinócios. Em 21 de dezembro ocorre o solstício de verão e parece que foi por isso que os Mayas encerraram nesta data seu calendário.
Há 26 mil anos passados a terra estava no período de Cro-Magnom, e a Terra também entrava na era de Aquário. Na metade aquele período ocorreu a última era do gelo e ali muitas espécies se extinguiram devido ao derretimento das camadas polares, inclusive naquele tempo apareceu o Alaska. Muitas mudanças são esperadas também para a entrada dessa era de aquário.
Alguns sugerem que o alinhamento galáctico vai fazer com que a temperatura do planeta dê um salto, o que acarretará grande aquecimento global, derretimento de gelo e diminuição das calotas polares, com conseqüente aumento dos oceanos, invasão de costas e destruição de algumas espécies.
Os cientistas já comprovaram que desde 1998, a cada ano o verão aumenta alguns graus. Na quadra 98 de suas centúrias Nostradamus também faz referência a esse fato. Em seu livro perdido, há sete desenhos com muitos signos e que são interpretados de várias formas. Entre elas de que neste ano, que coincide com o final do calendário maya, haverá três grandes eclipses, um do sol, outro de Vênus contra o sol e o último do sol já no centro da galáxia. Segundo este autor, são esses eventos que desencadeiam tudo em 2012.
Os Mayas, Egípcios, os Índios Hopi, os Indianos e Nostradamus acreditam que nos astros está todo o sentido e História da humanidade.
Alguns cientistas, historiadoras, arqueólogos e estudiosos livres especulam que os egípcios alinharam as pirâmides para Órion justamente porque nesse ponto marca a metade do ciclo de 26 mil anos que vivemos agora. Muitos desses estudiosos afirmam claramente que nossos ancestrais entendiam e se guiavam pela movimentação celeste. As próprias pirâmides e templos, tanto mayas quanto egípcios confirmam esse fato.
Como os egípcios, Nostradamus, acreditava que mensagens sobre o futuro podem ser lidas no firmamento.
Por outro lado, astrônomos explicam que existem ciclos de movimentação, de crescimento e decrescimento da força do campo magnético da terra. Quando este campo está forte, ele desvia muita radiação e até pequenos meteoros da direção do planeta. Neste ciclo, atravessamos o enfraquecimento do campo magnético da Terra. E então estamos mais expostos à radiação solar, o que acarreta aquecimento do planeta, derretimento de gelo, aumento do nível do mar e conseqüente destruição de vida no planeta.
Então pela primeira vez há coincidência entre previsões de cientistas e místicos? E esse seria o início de grandes desastres planetários?
Os Mayas, Egípcios, Nostradamus e as imagens do seu livro perdido apontam para o raro acontecimento no mundo que é o alinhamento galáctico e todas as profecias são parecidas e coincidem em datas. Entretanto, a humanidade ainda está aqui, não obstante a Terra já ter passado por cinco grandes destruições.
Fulcanelli, um antigo alquimista e estudiosos de símbolos, fez correlação direta entre a alquimia, que transforma os materiais; e a mudança que ocorrerá agora em 2012; onde a destruição de algumas espécies trará um colapso e posterior renascimento, como na sublimação e posterior colação alquímica.
Ainda afirma que na antiga fraternidade dos pedreiros (referência aos maçons) tem conhecimento de todos os fatos, o que se comprova nos signos incluídos em igrejas e catedrais góticas da Europa. Como o Leão, o touro, a figura humana = aquário e a águia, que seria igual ao signo de escorpião, encontrados na fachada da famosa Notre Dame, em Paris, circundando um sol central. Segundo o alquimista esses seriam signos de aviso do grande alinhamento galáctico.
Todas essas mensagens encontradas em textos, tradições orais, templos, pirâmides etc., podem apontar para 2012. Mas todas essas mensagens são cifradas. Nostradamus, que vivei no século XVI, em meio a perseguições de nobres e igrejas também cifrou as suas. As mensagens existem, resta saber se nós as interpretamos direito.
De toda forma, é fato que o clima e a Terra, nos últimos anos, tem apresentado um comportamento anômalo, dificultando até mesmo a percepção da passagem das quatro estações. Furacões, tornados, terremotos, tsunamis, aquecimento elevado, desaparecimento de espécies mais frágeis e outras tantas em risco de extinção. Estamos realmente em perigo. Mas isso indicaria que 2012 é um ano de mudanças apocalípticas?
Astrônomas e astrofísicos já refutaram a possibilidade do tal planeta Nibiru, que seria oculto existir e menos ainda que se choque com o planeta, assim não será o fim do mundo. Mas ao mesmo tempo dizem que em 2012 ocorre o clímax da atividade solar e esse fenômeno sim pode desencadear outros acontecimentos importantes (para maiores informações ver o filme Uma verdade Inconveniente).
E onde fica a escolha humana? Onde está o nosso poder de decisão?
A cultura Hopi, norte americana, também tem suas histórias sobre o mesmo período e alertam para a importância da mudança no homem.
Devemos celebrar e até desejar essas mudanças. Precisamos fazer a transição de paradigmas, nos integrarmos a nossa individualidade e realidade interna. Mas importa também reconhecer o valor do Eu interagindo e mudando o Nós e então irmos em direção ao nosso re-equilíbrio e o equilíbrio do ambiente, afinal somos e sempre seremos todos um.


Links
http://br.cinema.yahoo.com/filme/13687/umaverdadeinconveniente
http://br.cinema.yahoo.com/filme/13687/umaverdadeinconveniente

por Rosemary Rezende - rrezendevet@hotmail.com
Tecnica Agrícola, Medica Veterinária, Homeopata, Terapeuta Holística. Atualmente trabalhando com Terapia Nexus, massoterapia Indiana, Numerologia Indiana, Florais e Homeopatia


Extraído de: http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=17142

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...