domingo, julho 24, 2011

História e usos astrológicos do incenso

Os incensos vinham utilizados já em épocas remotas para atrair a ajuda das divindades, com adequados rituais se vinha a contacto com energias subtis que com suas vibrações ajudavam a solucionar variados problemas da quotidianidade. Por exemplo em Egipto lhes foi dado um poder esotérico e quando fazia falta preparar uma cerimónia ou ritual propiciatório se faziam fumigações de incenso durante o alva, o meio-dia e ao ocaso.
As doses não foram reveladas se não aos adeptos que as transmitiram oralmente. Em Grécia e no Império Romano se faziam cerimoniais com incensos propiciatórios, era comum convicção que os deuses não se opunham às solicitações feitas com o uso do incenso, o que queimado num determinado dia e numa determinada hora ajudava a solucionar variadas problemáticas. Em Índia, ainda hoje, nas casas e nas ruas é queimado o incenso em honra das divindades.
Também em Itália os Etruscos e os Romanos costumavam iniciar seus cultos queimando o incenso, inicialmente o uso foi contrastado pela igreja mas depois a igreja o adoptou no Missal e na Liturgia.
Em esoterismo são utilizados os assim chamados incensos planetários que servem a dar um aporte em vários sectores da vida do sujeito, entre estes recordamos alguns :


Insensos Planetários:


O incenso de Mercúrio



O incenso de Mercúrio é obtido moendo mirra e um acréscimo de benjoim e sândalo; serve para favorecer os estudos, a concentração mental, a psiques em general e as pequenas viagens.
Ao dia de hoje os incensos são muito usados, sobretudo nos cerimoniais da missa mas também como aromas para o ambiente.
- Amor: Guia Espiritual, Nag Champa
- Trabalho: Sândalo
- Negatividade: Mirra, Âmbar, Ópium
- Comunicações: Essências Florais, Guia Espiritual
- Equilíbrio: Guia Espiritual


O incenso de Marte



O incenso de Marte é obtido moendo resinas de arrayán com Menta serve para destruir a negatividade; é utilizado como purificador Geral, para aumentar a própria energia psicofísica e para afastar inimigos e zelos amorosos.
Ao dia de hoje os incensos são muito usados, sobretudo nos cerimoniais da missa mas também como aromas para o ambiente.
- Amor: Guia Espiritual, Nag Champa
- Trabalho: Sândalo
- Negatividade: Mirra, Âmbar, Ópium
- Comunicações: Essências Florais, Guia Espiritual
- Equilíbrio: Guia Espiritual

O incenso de Saturno



O incenso de Saturno é obtido moendo patchouly com sândalo. Este incenso serve para superar problemas legais, obstáculos ingentes, problemáticas familiares e para o sucesso no comércio. A fumigação deste incenso atenua as incompreensões e facilita a solução dos bancos de prova da vida, ademais com suas vibrações é uma válida ajuda para a cura da depressão.
Ao dia de hoje os incensos são muito usados, sobretudo nos cerimoniais da missa mas também como aromas para o ambiente.
- Amor: Guia Espiritual, Nag Champa
- Trabalho: Sândalo
- Negatividade: Mirra, Âmbar, Ópium
- Comunicações: Essências Florais, Guia Espiritual
- Equilíbrio: Guia Espiritual

O incenso de Vénus



O incenso de Vénus se obtém moendo musgo com as folhas de rosas. Tende a atenuar conflitos sentimentais, serve para superar roturas amorosas e para atrair a um casal com um forte desejo erótico. Este incenso era utilizado também para conseguir os favores do destino e para as práticas adivinhadoras.
Ao dia de hoje os incensos são muito usados, sobretudo nos cerimoniais da missa mas também como aromas para o ambiente.
- Amor: Guia Espiritual, Nag Champa
- Trabalho: Sândalo
- Negatividade: Mirra, Âmbar, Ópium
- Comunicações: Essências Florais, Guia Espiritual
- Equilíbrio: Guia Espiritual
O Guia Espiritual e outros incensos queimados no dia sexta-feira às 14.00 ou às 22.00 horas podem converter-se num óptimo propiciador de sorte em amor, segundo o seguinte ritual:
Escrever sobre uma folha de papel, com uma caneta vermelha, o próprio nome, sobrenome e data de nascimento, filho de (nome do pai e da mãe), o sobrenome da pessoa interessada se existe, e finalmente um desejo. Quando o incenso acaba de queimar-se, também queimar a folha de papel, E se atira a cinza na água corrente. Repetir esta operação por nove Sexta-feira.
Seguindo o método acima descrito também se pode utilizar a mirra que é um analgésico natural e serve para aliviar as dores da vida foi-lhe levado A Cristo pelos Magos justo pelo valor simbólico que encerrava): Isto actua sobre o íntimo mas profundo e amplia as possibilidades de resolução de acontecimentos negativos; sua energia vibratória é unida aos planetas Mercúrio e Marte.


O incenso de Júpiter


O incenso de Júpiter se obtém moendo a raiz da espiga de nardo, serve para solucionar problemas no trabalho, para obter benefícios económicos e para solucionar práticas burocráticas pertinentes ao trabalho. Este tipo de incenso com frequência é utilizado para o jogo e ademais ajuda nas disputas e nas brigas.
Ao dia de hoje os incensos são muito usados, sobretudo nos cerimoniais da missa mas também como aromas para o ambiente.
- Amor: Guia Espiritual, Nag Champa
- Trabalho: Sândalo
- Negatividade: Mirra, Âmbar, Ópium
- Comunicações: Essências Florais, Guia Espiritual
- Equilíbrio: Guia Espiritual

Variados são os métodos e as operações possíveis com os incensos, alguns até utilizam os salmos bíblicos para reforçar as vibrações positivas das fumigações, todos estes métodos de todas formas não são mas que um potencial do homem que graças a sua vibração pensamento, consegue transformar o pensamento acção em realidade quotidiana. Portanto tudo pode ser válido, tudo é criado do momento em que o homem pensou, portanto é inato em cada um de nós a possibilidade de atingir um objectivo, de harmonizar com os acontecimentos e sobretudo de conseguir a solução de cada problemática



Fonte: http://www.horoscopofree.com/pt/astrochina/incense/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...