sábado, agosto 13, 2011

Você sabe qual é seu caminho?


Você se pergunta: Qual o caminho que eu quero seguir? Depois disso um amigo diz algo, seus pais dizem algo, um conselheiro diz algo, a TV diz algo, o rádio diz algo, um e-mail diz algo, tudo diz alguma coisa... Mas você já parou, olhou a sua volta, sua realidade, e perguntou a si mesmo: Qual caminho realmente eu quero seguir?
Se olharmos a nossa volta ou perguntarmos para as pessoas, dificilmente veremos ou alguém dirá: Sim, sou feliz e realizado, pois estou no meu caminho e tenho certeza disso! Mas porque é tão complicado sermos de fato felizes e realizados?
Um dos principais motivos, na minha visão, é que somos eternos buscadores comandados pelo ego. Nunca aproveitamos nada de fato. Quando achamos que temos um bom celular aparece um melhor. Quando achamos que temos um bom carro existe um melhor. Quando achamos que temos um(a) bom(a) companheiro(a), existe alguém ou a mídia nos diz que poderia ser alguém melhor... Como haver paz assim?
Você depende de um sistema para realizar seus sonhos, mas pergunte a si mesmo qual o real desejo por trás dos seus sonhos. Caso seja uma pessoa com poucos recursos financeiros e sonhe ter uma mansão de um milhão de dólares, realmente você passará a vida inteira perseguindo algo difícil de conquistar, correndo o perigo (como acontece com muitas pessoas), de chegar lá e notar que “não era nada disso que você estava pensando”.

A armadilha


Você já notou que a sua mente sempre coloca mais e mais objetivos a frente, e nem todos são realmente saudáveis para sua vida? Você já parou para pensar que nunca nada está de fato “bom”. O que se diz rico quer mais, o que se diz pobre quer mais, o que não quer nada se preocupa de o porque não querer nada. Assim sendo, vivemos num mundo de pessoas preocupadas, angustiadas por não ter e não ser o que deveriam ser, mas afinal, será que você realmente deveria ser o que sua mente e seu ego ditam? Será que já não somos algo?
Relembramos que, ao encarnar nesse plano, temos um período chamado vida, ao qual iremos de encontro com nossas vicissitudes (o que pensamos ser negativo) e nossas qualidades e potencialidades (o que pensamos ser positivo). Relembramos também que a vida trará os tais “gatilhos”, que não passam de situações e pessoas que nos trarão raiva, medo, angústia e descrédito com a vida. O que não nos contaram, é que todas as situações que vivemos, são fruto de reflexos do passado, e não falo de uma vida, mas da nossa trajetória nessa dimensão.
Sabe qual é o seu caminho? É simplesmente aquele que faz você ser feliz, com barreiras que te façam de fato crescer. Não podemos querer apenas ganhar 10 milhões e viver numa praia paradisíaca fugindo de tudo e de todos, assim não crescemos, estamos fugindo, nos iludindo com o benefício que os prazeres materiais trazem, assim como não podemos viver apenas no lado negativo e ser apenas uma pessoa que reclama de tudo, e deseja o mal a tudo e todos por querer ter poder e controle sobre tudo. Devemos aprender que o caminho certo, é o que nos faz desenvolver valores espirituais, que nos faz desenvolver a consciência e traz a paz, simples assim.
Apenas mais um ponto importante: Esse caminho existe, e antes de encarnarmos, já estamos pré – dispostos a trilhá-lo. Caso esteja fora do rumo que a bússola do coração insiste em mostrar, você estará incompleto. Sem a coragem, seremos sempre buscadores de algo que nos traga conforto e segurança, ao invés de viver de fato o que desejamos, ao acreditar em nós mesmos.


Paz e Luz.
Saimon L. Selau
 
Fonte: http://hankarralynda.blogspot.com/2011/08/pingos-de-luz-03082011-voce-sabe-qual-e.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...