quarta-feira, outubro 26, 2011

O Sol em Libra

Meditar é ver se erguerem os sóis do espírito, depois das provas noturnas, as tempestades e os tormentos da alma. Aprende a meditar se queres ver o mundo com olhos novos.

(Tradição Índigena Norte Americana, Ed. Nova Era)




 
O Sol nos Signos
A inteligência em Libra
Márcia Mattos - Astróloga


A inteligência em Libra recai sobre a arte da conciliação dos opostos. É dela o dom de equilibrar as partes, até que fiquem iguais ou o mais equânimes possíveis entre si, seja em medida, importância, qualidade ou valor. É a inteligência dos acordos.
O afiado olho da percepção libriana está voltado para o fiel da balança, os dois pratos equilibrados. Toda situação que pende mais para um lado do que para o outro será imediatamente desmascarada pela visão de Libra. Qualquer desequilíbrio, seja estético, afetivo ou financeiro, chega a incomodar visceralmente aos librianos, que estão sempre em busca da perfeita harmonia.
Eles possuem a clareza de perceber a Beleza, a estética, que nada mais é, para eles, que o resultado da harmonia das formas, das cores, das disposições. O que dá beleza às coisas é a proporção.
O Sol em Libra proporciona, também, uma enorme capacidade de enxergar claramente o que é justo. A inteligência da imparcialidade é outro atributo próprio dos librianos, capazes de perceber uma forma harmoniosa de resolver qualquer impasse, através da elegância, bons modos e boa vontade.
Libra tem o dom de enxergar as situações com os olhos dos outros tão bem como se fossem os seus. Eles sabem colocar-se no lugar das outras pessoas e ter a visão privilegiada dos dois lados de uma situação. É a inteligência que possibilita estar a uma distância equânime de dois partidos e poder, assim, manter-se neutro, imparcial e promover a justiça.
Fora da interferência das emoções, dos impulsos e das sensações corporais, Libra possui uma capacidade de raciocínio sem igual, própria do seu elemento regente, o Ar. É deles a capacidade de avaliar se uma atitude é proporcional à ocasião; se um efeito à sua causa; se a emoção ao acontecimento, se uma atitude à idéia, se o afeto de um ao do outro. A consciência sabe que a única medida que torna as relações equilibradas é a reciprocidade.






Fonte: http://portodoceu.terra.com.br/signos/signos-07-1510.asp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...