quinta-feira, dezembro 29, 2011

O SENTIDO DO SAGRADO E O RETORNO AO AMOR


Durante o tempo em que a humanidade esteve na Terra, o relacionamento do homem com o sagrado existiu no espaço mais profundo do seu coração, esperando a expressão exterior que enfim criaria uma vida perfeita e uniria para sempre o mundo físico e espiritual. O período de espera para isto ocorrer, entretanto, era uma parte necessária da evolução humana, pois isto promoveu o recuo para segundo plano do sentido do sagrado, e a vinda à tona da autoconsciência do homem e das necessidades e desejos individuais. Esta mudança foi acompanhada por uma prioridade crescente do ser sobre os outros e do ser sobre si mesmo e os outros.
Tal orientação, em grande parte gerada pelos mecanismos de proteção do ego humano, tem sido parte da evolução espiritual que trouxe a humanidade ao ponto de maior sensibilidade para o que cada ponto individualizado da consciência poderia pensar e sentir enquanto distinto de todos os outros. Isto também trouxe a consciência individualizada ao ponto de força e firmeza na capacidade de permanecer fiel a convicções e crenças internas profundamente arraigadas.
Sem o desenvolvimento do ego, incluindo os seus mecanismos de proteção, a germinação do sentido da consciência individualizada teria sido muito mais restrita. Assim, o curso da evolução espiritual que buscava concentrar a luz cósmica sagrada em cada ponto da consciência teria sido menos completo. É por esta razão que é importante não julgar os desvios ou movimentos sinuosos de qualquer alma ao longo dos caminhos da separação, da ilusão ou da escuridão, por estas perambulações; ainda que individualizada e única a cada alma específica, foram ainda assim uma parte da exploração do que era para ser um ponto único da consciência e da luz.
O fato de que muitos perderiam as suas bases no processo e não pudessem mais distinguir a luz da escuridão, nem pudessem dar os passos necessários novamente em direção à luz por conta própria ou sem grande ajuda, foi também previsto desde o início. Por esta razão, um plano foi instituído no início do tempo, e aqueles que tinham mais luz, concentrariam cada vez mais esta luz no planeta e no todo coletivo, com o propósito de beneficiar e de curar aqueles que tinham ficado presos no vórtice das energias da escuridão.
É este plano que está alcançando o seu ápice agora, não o seu início, pois isto esteve em operação há vários séculos neste ponto, e a rede de luz que foi estabelecida ao redor da Terra de um modo consciente é de grande força e longevidade. Ela absorveu a energia daquelas almas que não teriam outra fonte de luz e de apoio, se não fosse por esta rede como uma fonte de suprimento.
O ponto culminante do processo de retorno para as almas que se desviaram na ilusão, na separação e no pensamento equivocado está ocorrendo agora, devido à maior disponibilidade de cada consciência esclarecida, e, portanto, de maior escolha sobre qual caminho tomar com respeito a qualquer ação. Isto quer dizer que as escolhas que estão sendo feitas hoje, estão sendo feitas com um sentido mais completo de seus resultados. Como resultado, aqueles que as fazem são mais responsáveis para arcar com as conseqüências destas ações, porque as conseqüências se tornaram mais claras.
No entanto, ainda que a luz reivindique a consciência humana, as energias da escuridão procurariam fazer o inverso por qualquer meio possível. Um caminho é através do intelecto humano e a sua preocupação com formas racionais de pensamento, com a exclusão de tudo o mais. Outro, é através da ênfase dentro de determinadas correntes espirituais de formas de pensamento que denigrem aqueles caminhos que são devocionais e enfatizam o auto-engrandecimento e o autocontrole que é tão valorizado hoje. Estes caminhos têm também a capacidade de influenciar a consciência para a escuridão e para longe da luz, mantendo a sensação de separação de Deus e da unidade com os outros, que tem sido a característica central da fase coletiva que agora termina.
Embora haja muitos caminhos para o Um, aqueles que enfatizam uma continuação da prioridade do indivíduo sobre a prioridade dos outros, ou sobre a prioridade do Todo, fazem parte da vibração do passado e, em última análise, precisam deixar ir a fim de se unirem ao futuro. Aqueles que enfatizam a união com os outros e a supremacia do amor como o ingrediente principal para criar o corpo universal da totalidade, serão capazes de expandir interiormente a nova vibração que acompanha a presença cada vez maior da luz espiritual na Terra.
Como sempre em circunstâncias de divisão ou desunião, é importante não julgar os outros por onde eles estão em sua própria consciência, mas sim manter dentro de si mesmo um forte compromisso com os princípios da luz e do amor, o que, como uma força coletiva, tem a capacidade de mudar a consciência do interior, ao invés de tentar mudá-la do exterior.
O desafio deste tempo é o de deixar ir os padrões de pensamento e modos de ser que tem sido parte do velho e de aceitar a nova e brilhante identidade que está sendo oferecida a todas as almas, embora não sem a necessidade de dar um passo à frente para ela, com coragem, humildade e inocência. Aqueles que escolherem não se mover nesta direção, terão também um espaço na evolução posterior das almas. Mas a falta de compatibilidade da vibração da separação com a vibração da unidade dentro da totalidade, tornará impossível para as duas energias se misturarem no mundo do futuro, e assim, diferentes caminhos evolutivos serão desenvolvidos para diferentes almas, dependendo de suas necessidades e orientações individuais.
Todas as almas no reino de Deus são e serão intensamente abençoadas enquanto a nova luz na Terra toma conta de uma forma mais plena, e aqueles que têm dentro de si mesmos a capacidade de receber mais luz, experienciarão a ventura de uma realização há muito aguardada, que foi prometida por decreto divino. É para este momento que estamos nos dirigindo agora.
Que todos encontrem dentro de si mesmos o desejo e a habilidade de permitir que o amor se torne a prioridade central, o que acontecerá enquanto o tempo e as circunstâncias avançam.


----.....---==.....---ooo000ooo--......==----.....----

http://lightomega.org/NL/20110826-Living-With-the-Unknown.html
You TubeAgora Estamos Livres - http://www.youtube.com/watch?v=rn4cumfOgJk
Fonte: http://fraternidadebranca-luzdanovaera.blogspot.com/2011/12/o-sentido-do-sagrado-e-o-retorno-ao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...